CONHEÇA NOSSO BLOG
23Ago
Entenda a lei do profissional parceiro

Benefícios de se tornar um profissional parceiro

A Lei do Salão Parceiro surgiu como uma grande mudança na gestão dos salões de beleza. A princípio, incentivou diversos profissionais do ramo da beleza a se formalizarem e saírem da irregularidade. Assim sendo, nasceu a figura do profissional parceiro! O “título” agrega muitos benefícios à vida desses especialistas e melhora as condições de trabalho de todos os adeptos. Continue a leitura e conheça outras vantagens imperdíveis!

Afinal, o que é um profissional parceiro?

O que é um profissional parceiro?

Profissional parceiro é a pessoa jurídica responsável por:

  • executar os serviços de atendimento (corte, coloração, manicure, pedicure, depilação, limpeza de pele, etc);
  • manter a regularidade de sua inscrição perante as autoridades fazendárias.

Os profissionais que podem fazer a relação de parceria com os salões de beleza são cabeleireiros, barbeiros, esteticistas, manicures, pedicures, depiladores e maquiadores. Todos esses profissionais devem fazer um contrato de prestação de serviços com o salão-parceiro e gozar dos benefícios.

O profissional parceiro pode ser classificado como: Pequeno Empresário, Microempresário ou Microempreendedor Individual (MEI). Além disso, tem direito à assistência pelo sindicato da sua categoria profissional, mesmo quando inscrito como pessoa jurídica.

Quais os principais benefícios?

Beneficios de se tornar um profissional parceiro

  • Incentivo ao empreendedorismo;
  • melhoria da segurança jurídica entre o salão e o profissional;
  • possibilidade de aumento de renda;
  • direito à aposentadoria;
  • salário-maternidade, no caso da mulher;
  • auxílio-doença;
  • acesso a crédito em instituições financeiras;
  • CNPJ;
  • possibilidade de contratar funcionário (isso porque para o EI, poderá contratar mais de um funcionário);
  • emissão de notas fiscais;
  • pensão aos filhos menores, por reclusão ou morte;
  • pagamento de um único imposto mensal;
  • maior poder de negociação com fornecedores;
  • empréstimos e financiamentos mais fáceis;
  • definição das condições de trabalho;
  • mais oportunidades de emprego;
  • direito à concessão de créditos para MEI e EI.

Por que optar pela formalização?

Formalização do profissional parceiro

Profissionais de estética que continuam na informalidade tendem a correr sérios riscos. Em primeiro lugar, perdem os benefícios supracitados neste artigo — o que faz uma enorme diferença! Depois disso, podem encontrar dificuldade para conseguir emprego nos salões, já que a Lei do Salão Parceiro deve ser seguida por todos os estabelecimentos do ramo.

Portanto, para evitar problemas futuros, é recomendado regularizar sua situação. Ser um profissional parceiro agrega somente bons frutos para todos aqueles que usufruem da nova lei. Fazer sua inscrição no MEI é rápido, econômico e fácil! O registro pode ser feito por meio da internet, no Portal do Empreendedor (site oficial do Governo Federal).

Como faço para me tornar um profissional parceiro?

O primeiro passo para se tornar um profissional parceiro é contar com uma assistência contábil especializada. Um contador é a pessoa ideal para te ajudar nessa questão! Ele pode te auxiliar no processo de abertura do MEI ou EI e na elaboração do contrato de parceria entre o salão parceiro e o profissional parceiro.

Certamente, você pode contar com a Primeiro Assessoria nesse momento. Somos uma empresa de assessoria contábil focada apenas em estabelecimentos de beleza, como salões e clínicas de estética. Atendemos todas as demandas referentes à regularização e abertura de empresas, departamento pessoal, implantação da Lei Salão Parceiro e Profissional Parceiro e suporte às áreas fiscal e contábil.

Portanto, não perca tempo! Torne-se um profissional parceiro agora mesmo. Entre em contato conosco e agende uma conversa.

Compartilhe!

Posts RecentesCategoriasTags