CONHEÇA NOSSO BLOG
27Ago
Imagem de uma mulher e um homem sorrindo porque conseguiram se tornar microempreendedor individual

O que um microempreendedor individual precisa saber agora?

Está a poucos passos de se tornar um microempreendedor individual e ainda não sabe o que isso significa? Se seus próximos planos cobrem a abertura de uma microempresa de forma autônoma, este artigo é para você. Separamos aqui as informações necessárias para quem está começando agora a investir no segmento. No Brasil de 2015, 35% da população já tinha um negócio próprio.
Cada vez mais em alta, chegou o seu momento de entrar para essa estatística positiva. Anote as dicas!

O que é um microempreendedor individual?

Mulher mexendo no notebook em um ateliê de moda

Microempreendedor individual, mais conhecido pela sigla MEI, é aquele profissional autônomo com registro oficial do governo. O registro funciona para cobrir autônomos e micro negócios em obrigações e direitos de pessoa jurídica. Existem, sim, impostos cobrados para as atividades realizadas, mas são bem inferiores ao que é cobrado para empresas pequeno ou médio porte. Estamos falando de microempresas.

Quais benefícios inclusos?

O microempreendedor individual formalizado é reconhecido como profissional formal pelo governo e passa a ter um CNPJ. Consequentemente, isso o proporciona benefícios como aposentadoria por idade, licença-maternidade, pensão por morte e auxílio-doença/aposentadoria por invalidez. Para cada benefícios, existem regras de tempo de contribuição para que possam valer. Além disso, é possível contar com o Simples Nacional para se isentar de tributos federais. Consulte profissionais especializados em abertura de empresas para tirar dúvidas.

Quem pode ser MEI?

No portal do empreendedor disponibilizado pelo governo, existe uma lista de atividades permitidas. Dentre elas, açougueiro, animador de festas, artesão de bijuterias, cabeleireiro, carregador de malas, colocador de piercing, comerciantes, editor de vídeo, fotógrafo, guia de turismo, humorista, mágico, maquiador, mototaxista, panfleteiro, pipoqueiro, tatuador, e muito mais. Todos que atuam de forma independente. Confira a lista!

Atente-se, pois, existem restrições para quem procura se tornar microempreendedor individual. Não fazer parte da lista de atividades permitidas, ser funcionário público, estrangeiro sem visto de permanência, sócio de outras empresas, beneficiário de pensões ou seguro-desemprego e faturamento anual da empresa maior que R$ 81.000,00. São essas algumas das proibições.

Qual é o valor investido mensalmente?

O microempreendedor individual enquadra-se no SIMEI e Simples Nacional, se abstendo, então, de tributos federais. Em geral, comércio e industrial investem R$ 50,90, prestadores de serviços, R$54,90, comércio e serviços, R$ 55,90. O valor é mensal e feito por meio do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS).

Sete passos rápidos para se formalizar agora

  1. Entre no site do Portal do Empreendedor e clique em “Formalize-se”;
  2. na falta de cadastro, realize um e acesse novamente o portal;
  3. forneça autorização para uso dos dados pessoais pelo portal;
  4. em alguns casos, o número de recibo da declaração de imposto de renda ou título de eleitor pode ser solicitado. Caso seja, preencha o campo com a informação;
  5. preencha as lacunas com número de telefone celular e o código de verificação enviado por SMS para seu aparelho;
  6. cheque todos os dados e preencha aquilo que for solicitado;
  7. após preencher declarações, conclua sua formalização enquanto microempreendedor individual.

Saiba o que é profissional-parceiro

Com a Lei do Salão Parceiro, a gestão de salões de beleza no Brasil começou a mudar. Nessa nova temporada, tornou-se importante o profissional-parceiro. São especialistas do segmento que ganham mais benefícios e amparo de órgãos regulamentadores. Dentre eles, estão cabeleireiros, maquiadores, barbeiros, pedicures, depiladores, etc. O melhor de tudo é que o profissional-parceiro pode se tornar um microempreendedor individual e investir no seu próprio negócio gastando pouco.

Conte com assessoria de especialistas!

 

Homem sorrindo em um espaço para café na sua loja como microempreendedor individual

Toda a assistência necessária no que se diz respeito ao microempreendedor individual e abertura de empresas, você encontra na Primeiro Assessoria Contábil. Nosso foco está, principalmente, na indústria de beleza, e atendemos demandas de regulamentação e abertura de empresas no Rio de Janeiro e São Paulo.

Para total compreendimento deste artigo, ou até mesmo para expandir conhecimentos, leia outros artigos nossos:

Compartilhe!

Posts RecentesCategoriasTags